Wednesday, 02 November 2016 09:29

Simone Reis tira UnB da zona de conforto com teatro inquieto

Posted by
Rate this item
(1 Vote)
Simone Reis. Foto: MIla Petrillo Simone Reis. Foto: MIla Petrillo

Simone Reis tira UnB da zona de conforto com teatro inquieto. Artigo de Sérgio Maggio no jornal Metrópoles.

Read 88189 times Last modified on Wednesday, 02 November 2016 09:28
Simone Reis

Simone Reis é diretora, atriz performativa e professora efetiva de Artes Cênicas do Instituto de Artes da Universidade de Brasília (UnB). Tem mestrado pela Universidade Federal da Bahia (2002) e doutorado em Estudos Performativos pela Victoria University, em Melbourne, na Austrália (2007). Criadora da linha de pesquisa em teatro performativo Teatro Pândego e coordenadora do Laboratório de Performance e Teatro do Vazio(LPTV), vinculado ao Decanato de Extensão (DEX) da UnB. Foi premiada em 2010/2011, pelo Fundo de Apoio à Cultura(FAC),na categoria Prêmios Especiais e pelo Centro Cultural Banco do Brasil(CCBB) para a realização de O Espelho, instalação cênica, em parceria com o artista multimídia Iain Mott, o cineasta André Luiz da Cunha, entre outros artistas.

Simone Reis participou de conferências internacionais no Brasil, Nova Zelândia e na Austrália, além de ter atuado em festivais expressivos como: Festival Internacional de Inverno, Belo Horizonte (1992); IV Fórum de Arte Visual de Brasília (1995); Festival internacional do Theatre Contemporary e o Butoh, em São Paulo e Brasília (1995); Festival de Teatro de Londrina, no Paraná (1999); South Project em Melbourne-Au (2004), Performance Festival em Perth-Au (2005) e La Mamma Festival (2006).

Tem em seu histórico premiações expressivas, como patrocínios do governo brasileiro, tais como CCBB (Centro Cultural do Banco Brasil), Fundo de Apoio à Pesquisa, Departamento de Cultura do Distrito Federal, Ministério da Educação, CNPq - Prêmio do Teatro para jovens diretores.

Atuou em parceria com artistas como Sônia Paiva e Nelson Maravalhas, fotógrafa Mila Petrillo, diretora Brígida Miranda e a diretora inglesa Leo Sykes, com quem criou Hamuleto, em 2002. Resultado de sua pesquisa de doutorado na Austrália apresentou no teatro La Mamma, em Melbourne, com direção de Carlos Gomes, diretor paulista radicado em Sidney, o solo de sua autoria: Little World/Mundinho.

Também colaborou com a performer de Butoh/Teatro/Dança e diretora da Companhia de Dança TAAN, Maura Baiocchi, além dos artistas José Eduardo Garcia de Moraes, Felícia Johansson e a dançarina Eliana Carneiro, em Brasília, onde juntos criaram a Companhia Nacional de Artes Atípicas.

Em São Paulo, Simone Reis colaborou com Zé Celso Martinez Corrêa e a Companhia Teatral Uzina Uzona. Na companhia de Zé Celso, interpretou o fantasma de Ophelia, em Hamlet’s Opening Rehearsals, e os personagens de Barbara Heliodora e Morte, em 1993. Simone também atuou com o lendário artista e diretor de filmes de terror brasileiro José do Caixão, na peça Misteriosos Gozozos, também de Zé Celso, em 1994. Hamlet’s Opening Rehearsals, os personagens de Barbara Heliodora e Morte, em 1993.

More in this category: Stanisloves-me »

Leave a comment

Make sure you enter all the required information, indicated by an asterisk (*). HTML code is not allowed.

Artigos Novos e Notícias

  • Fotografia de filme 35mm
     
  • Simone Reis tira UnB da zona de conforto com teatro inquieto
    Simone Reis tira UnB da zona de conforto com teatro inquieto Simone Reis tira UnB da zona de conforto com teatro inquieto. Artigo de Sérgio Maggio no jornal Metrópoles.
  • Stanisloves-me
    Atuação: Bruna MartiniDireção: Simone ReisMúsico: Yuri RochaConcepção e Dramaturgia: Simone Reis e Bruna MartiniTextos: Hilda Hilst, Bruna Martini e Simone Reis Performance gravada por Bruno Corte Real na Sala João…
    Vídeo: Bruno Corte Real
  • Bruna Martini: Ganhadora do prêmio de Melhor Atriz, FESTU-RIO na peça "Stanisloves-me" - Direção: Simone Reis
    Bruna Martini: Ganhadora do prêmio de Melhor Atriz, FESTU-RIO na peça "Stanisloves-me" - Direção: Simone Reis Bruna Martini: Ganhadora do prêmio de Melhor Atriz, Mostra Cometitiva Nacional, FESTU-Rio na peça "Stanisloves-me". Simone Reis: Indicação, Melhor Direção. "Stanisloves-me" Atuação: Bruna MartiniDireção: Simone ReisConcepção e Dramaturgia: Simone Reis…
  • Novas gravações nas páginas do projeto Cerrado Ambisônico
    Novas gravações nas páginas do projeto Cerrado Ambisônico Novas gravações ambisônicas de "b-format". Veja esse link
  • Palavras
    Palavras Exercício da Turma A da disciplina 'Voz em Performance' do Departamento de Artes Cênicas, UnB, semestre 1, 2014. Poemas escritos pelos alunos a partir de vários exercícios de escuta são…
    Gravação estereofônica:
  • Paisagem Sonora
    Paisagem Sonora Teatro acústico dos alunos da disciplina Voz em Performance do Departamento de Artes Cênicas da UnB, apresentado no 56º Cometa Cenas no dia 22 de julho de 2013. Com os…
    Gravação binaural. Para ouvir o som em 3D, escute com fones de ouvido com os canais esquerdo e direito orientados corretamente.